segunda-feira, 19 de setembro de 2011

PARQUE INFANTIL




Para as crianças, os parquinhos não são apenas um lugar para brincar: são um espaço para o desenvolvimento de habilidades motoras e sociais que elas usarão ao longo da vida. Esse foi o tema da conversa da CRESCER com a educadora Maria Angela Barbato, coordenadora da brinquedoteca da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). 

Segundo Maria Angela, os brinquedos permitem que meninos e meninas experimentem o deslocamento, o espaço, o tempo e o movimento. Favorecem a socialização com outras crianças e com seus pais e possibilitam ainda o contato com a natureza. "A criança não precisa necessariamente só brincar nos brinquedos, mas também com as árvores e os pássaros", afirma a educadora.

Os brinquedos ajudam no desenvolvimento de diferentes habilidades. Um balanço, por exemplo, oferece a sensação de velocidade e de tempo, muito maior do que um trepa-trepa. Já o gira-gira, por ser redondo, dá uma noção de equilíbrio diferente do balanço. 

Ir a parquinhos diferentes pode ser muito estimulante para as crianças. No prédio, as crianças convivem apenas com os moradores, enquanto em um parquinho público elas brincam com meninos e meninas diferentes, em um espaço bem mais amplo e com uma vegetação diferenciada.

Acompanhe a entrevista completa no site da Revista Crescer clicando aqui



Texto: Revista Crescer

Um comentário:

  1. Muito legal o post... Todas as habilidades trabalhadas num parquinho são também muito importantes para a aprendizagem em sala de aula. Escrevi sobre a psicomotricidade em meu blog. Caso queiram, fica a sugestão: http://comoeuaprendo.blogspot.com/search/label/Psicomotricidade
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...