quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Trabalhando com o lixo


Uma das principais causas da degradação progressiva do meio ambiente são os padrões insustentáveis de consumo e de produção – em especial, os dos países desenvolvidos, que agravam a pobreza e acentuam os desequilíbrios sociais. Isso quer dizer que a cada dia aumenta o abismo existente entre os altos padrões de consumo de uns poucos, enquanto outros sequer têm as suas necessidades básicas atendidas.

O estímulo ao consumo desenfreado, associado à cultura do descartável, acaba gerando pressões ambientais (uma delas, o acúmulo de lixo) e com isso a necessidade crescente de eliminação desses resíduos.
Esses problemas exigem de toda a humanidade uma tomada de consciência e mudanças de comportamento para garantir padrões mais equilibrados de produção e de consumo que ao mesmo tempo sejam responsáveis por uma vida melhor para todos, com o menor impacto possível para o planeta.
Essa preocupação mundial sobre a conservação e a gestão de recursos não deve impedir o desenvolvimento de países e nações, mas precisa levar em conta aspectos sociais, ambientais e a promoção da saúde humana.
Já há algum tempo, professores e alunos vêm trabalhando com a coleta seletiva do lixo, com estímulo à reciclagem e ao reaproveitamento. No entanto, a produção de resíduos e sua eliminação devem contemplar a vida do cidadão comum, passar pelas indústrias, sem esquecer os compromissos dos governos locais com a causa global.
Dicas de Atividades
CADA UM E O SEU LIXO
Nem sempre a gente tem noção da quantidade e da variedade de lixo que produz, tanto individualmente quanto em grupos: em casa, na escola, no clube, numa festa de São João etc.
Para esta reflexão, você deve combinar com seus alunos que recolham em suas casas o lixo que lá produzem, durante o fim de semana.
Na data marcada, todos devem trazer para a escola o seu lixo para ser pesado e classificado. Em tempo: o lixo poderá ser orgânico ou inorgânico, mas aqui vamos trabalhar apenas com o inorgânico.
Para começar, que tal pesquisarmos a diferença entre um e outro? Para uma boa avaliação, você poderá criar uma tabela com o nome de cada aluno na vertical e, na horizontal, algumas variáveis:

  • o peso ou o volume do lixo de cada um;
  • a classificação desse lixo (copos? pontas de lápis? jornal velho?)
  • o que cada família faz com este lixo, para onde ele vai?

As soluções encontradas para se desfazer do lixo podem gerar sérios impactos ambientais!
DEZ PASSOS PARA UM DIA SUSTENTÁVEL
Sustentabilidade é um termo originado da expressão “desenvolvimento sustentável”, que consiste na possibilidade de “prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido” (Fonte: Wikipedia).
Responda para avaliar se o seu dia-a-dia é sustentável:

  • Quanto tempo a torneira da pia fica aberta quando você escova os dentes?
  • No banho, você fecha a torneira do chuveiro enquanto se ensaboa ou aplica o xampu?
  • Quando é necessário subir para chegar aonde mora, você usa: escadas, elevador, mototáxi, carro?
  • Você anda mais de carro ou de ônibus?
  • Você usa copos plásticos descartáveis na escola ou em casa?
  • Você aproveita o verso de folhas de papel para escrever bilhetes ou anotar informações? Costuma imprimir mensagens eletrônicas?
  • Você se alimenta de produtos orgânicos e evita carne animal?
  • Se houver na sua casa chuveiro elétrico, você costuma tomar banho nos horários de pico de consumo de energia (das 18 às 21h) ou em horários alternativos?
  • Você reutiliza a água do ultimo enxágüe da maquina de lavar, ou do tanque, para lavar pisos e calçadas?
  • Costuma dormir com a televisão ligada

PARA ONDE VAI CADA TIPO DE LIXO?
O que é feito com a quantidade enorme de lixo produzida pelo seu bairro, sua cidade etc., de modo a não gerar novos problemas para o meio ambiente?
O que é feito, ou deveria ser feito com:

  • as garrafas pet, as latinhas de bebidas, copos descartáveis, pontas de cigarro, papéis em geral: de bala, folhetos de propaganda política, de imóveis, produtos promocionais de supermercados etc.?

Há ainda quem pense que “água lava tudo, menos língua de gente faladeira” e assim se utilize de um rio, lago ou lagoa próximos, da praia etc., e transforme esses espaços em uma verdadeira lata de lixo, sem saber o mal que isso causa a sua vida e à saúde do planeta!
FONTE: MULTIRIO, Revista NÓS DA ESCOLA. Coleção Gira Mundo nº 51 – 2007




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...